Teste seu nível de Francês

Quando começamos a estudar um novo idioma, seja para turismo, por prazer ou qualquer outro motivo, é natural que se queira saber como anda seu progresso no estudo desse idioma. Se você não sabe como definir suas competências em Francês, neste post eu apresento alguns sites para você fazer uma rápida avaliação e ter uma noção de qual seu nível em Francês.

1 – Teste France Langue: Teste com 20 perguntas. Neste teste o resultado é dado em uma porcentagem que classifica em um dos níveis dos níveis do DELF (Leia mais mais adiante neste post).
2 – FrançaisFacile.com: Esta página apresenta mais de um teste. Os testes dessa página são um pouco mais extensos, o que talvez garanta um resultado melhor, pela quantidade maior de questões.
3 – Sptachcaffe: Teste com 60 perguntas.

Porém se você quer fazer um teste com propósitos mais sérios, para trabalho ou intercâmbio, por exemplo, é mais indicado relizar o DELF – Diplôme d’Études en Langue Française (Diploma de Estudos em Língua Francesa) e o DALF – Diplôme Approfondi de Langue Française (Diploma Aprofundado de Língua Francesa). Segundo o site da Aliança Francesa, o DELF e o DALF são os diplomas oficiais do Ministério da Educação Nacional francês para certificar as competências em francês dos candidatos estrangeiros. Através destes certificados, você sabe em qual dos níveis você se encaixa. Esses níveis são A1, A2, B1, B2, C1 e C2.

A1: O indivíduo é capaz de interações simples, como falar dele próprio e de seu universo imediato.
A2:  A pessoa é capaz de interagir de maneira simples na vida quotidiana (cumprimentar, pedir informações, etc.).
B1: Neste nível é possível interagir, compreender, conversar, dar seu parecer, sua opinião.
B2: No nível B2 o indivíduo consegue argumentar para defender sua opinião, desenvolver seu ponto de vista e negociar.
C1: É capaz de estabelecer uma comunicação fácil e espontânea.
C2: O candidato de C2 é capaz de realizar diferentes tarefas acadêmicas ou de nível avançado.

Conheça mais sobre o DELF e os níveis A1 a C2 clicando aqui.

Anúncios

Expressões idiomáticas francesas com animais

Vídeo


Como mencionei no último post sobre o canal “Français authentique”, uma das regras para aprender Francês é ouvir bastante o idioma, e que você compreenda o que esteja sendo falado.

Pensando nisso, pesquisei alguns vídeos que pudesse compartilhar com vocês para ajudar nesta regra. Achei um canal muito bom, chamado “Français avec Pierre”, no qual são postados vários vídeos para ajudar estudantes da língua. O vídeo abaixo é sobre expressões francesas relacionadas à animais.

O vídeo é bem compreensível, ele fala devagar, e vai dando exemplos. Além disso, algumas imagens vão sendo mostradas para que você entenda o contexto o que está sendo dito. O vídeo também tem legendas. [Não tem desculpas pra não ver!]

Para quem não compreender o vídeo por completo, ou tenha alguma dúvida a respeito das expressões, vou colocar as traduções de algumas delas abaixo:

Avoir le cafard (Ter a barata)
cafard = barata
Tradução: quando se está meio triste, deprimido.

Poser un lapin à quelqu’un
lapin = coelho
Tradução: É quando você tem um encontro com alguém e você não comparece

C’est bête / Il est bête
bête = A tradução para bête é besta, mas segundo o vídeo é um animal, geralmente pequeno.
Tradução (C’est bête): Que pena
Tradução (Il est bête): Se tratando de uma pessoa, quer dizer que a pessoa é estúpida

C’est vachement bien
vachement vem da palavra vache = vaca
Tradução = É muito bom [bastante].

Parler français comme une vache espagnole (Falar francês como uma vaca espanhola)
vache = vaca
Tradução:  Falar francês mal)

Revenir à ses moutons (Voltar às suas ovelhas)
moutons = ovelha
Tradução: Voltar ao assunto principal. Quando você está falando de determinado assunto, faz uma pause, e depois volta ao assunto principal.

Être une poule mouillée (Ser uma galinha molhada)
poule = galinha
Tradução: Uma pessoa medrosa.

Quand les poules auront des dents (Quando as galinhas tiverem dentes)
poule = galinha
Tradução: Usa-se esta expressão para dizer que uma coisa que nunca vai acontecer.

Bavard comme une pie
pie = pega (passáro)
Tradução: Quando alguém fala demais

Confira o canal do Pierre que tem outros vídeos muito bons.

7 regras para aprender francês

O canal Français Authentique dá 7 dicas para que você possa aprender Francês de forma eficiente. O canal na verdade serve para o autor dos vídeos divulgar um material que ele vende no blog dele. Porém, achei as dicas que ele dá em cada vídeo bastante válidas. Cada vídeo tem cerca de 10 minutos e é uma boa oportunidade de ouvir um conteúdo legal falado por um nativo. Abaixo veja os vídeos, em francês e com legendas em francês. O autor do vídeo facilita muito a compreensão pois fala de forma bem clara e devagar.

Règle 1Règle 2 | Règle 3 | Règle 4 | Règle 5 | Règle 6 | Règle 7 

Resumo das regras
Abaixo eu coloquei um resumo das regras e minha opinião sobre algumas delas

1 – Escutar, escutar, escutar. A primeira regra é escutar bastante conteúdo em francês. Ele sugere que o conteúdo de cursos é limitado e não é ensinado por nativos. Que a chave pro aprendizado é ouvir conteúdo autêntico de franceses.
Concordo com esta dica, mas acredito que é preciso estudar um pouco da gramática e das regras de pronúncia antes disso. Não dá pra cair de paraquedas em áudios que você não entende nada. Mas depois que tiver uma noção básica, aí sim essa regra é super válida.

 2 – Repetir. A segunda regra é repetir. Você só vai conseguir aprender, ouvindo repetidamente as coisas. Se você ouve uma expressão, ou uma palavra apenas uma vez, você com certeza vai esquecer depois.

3 – Use seu tempo improdutivo pra estudar. Use o tempo durante  a faxina, ou ida pra o trabalho ou escola, ou até mesmo durante o banho pra ouvir pocasts, audios, etc.

4 – Sem estresse. Não se estresse caso você tente ler um texto e não consiga, ou pelo fato de você ter tentado falar e não ter se saído muito bem. Tenha paciência pois aprender um novo idioma não acontece da noite pro dia. Fique feliz com suas habilidades atuais e procure sempre melhorar elas.

5 – Aprenda ouvindo estórias. Ouvir áudios que dizem apenas palavras ou frases soltas, não vai ajudar muito no desenvolvimento do francês. Isso até faz sentido no início do aprendizado. Mas à medida que seu estudo avança, você precisa ler ou ouvir coisas que tenham contexto e uma linha de raciocínio. Assim você conseguirá também elaborar frases maiores ao se comunicar.

6 – Aprenda através do contexto. Regra bem próxima da regra 5. O contexto está ligado a quem está ligado a onde se passa alguma coisa, a quem participa, etc. ou seja, tudo que está ligado a determinada ação. Por exemplo, se uma ação se passa num restaurante, com a sua mãe, os assuntos serão voltados para coisas mais familiares. Já se a ação se passa num escritório com o chefe, o tema será relacionado ao trabalho.

7 – Aprenda o francês autêntico. Aprenda utilizando material de francês autêntico, que é segundo ele, real, ou seja, francês falado por próprios franceses.

Provérbios em Francês

recite11
Já imaginou se os provérbios que usamos em português são os mesmos no mundo todo? Na França, alguns são. Por exemplo:

A cheval donné, on ne regarde pas les dents (Cavalo dado não se olha os dentes)

La fin justifie les moyens (O fim justifica os meios).

Confira uma lista com 100 provérbios franceses e seus significados aqui.